Lula, o técnico super-campeão

Luis Alonso Perez, mais conhecido como Lula, provavelmente é o treinador que mais ganhou títulos no futebol mundial. Foi o comandante do grande Santos dos anos 60, e nenhum técnico no Brasil ficou tanto tempo à frente de um clube grande quanto ele. Permaneceu quase treze anos (mais precisamente, 12 anos e seis meses), entre 1954 e 1966. Nesse período, conquistou 4 Torneios Rio-São Paulo, 5 Taças Brasil, 8 campeonatos paulistas, 2 Libertadores da América e 2 Mundiais de Clubes, entre outros, totalizando 34 conquistas. Currículo pra ninguém botar defeito.

Em 1968, conseguiu outro feito, dessa vez comandando o Corinthians. Dirigiu a equipe na partida histórica em que a equipe paulistana superou o Santos no Campeonato Paulista por 2×0, após 11 anos sem conseguir uma vitória sobre o Peixe.

Conversando com Pepe a respeito do técnico, em uma entrevista da qual participei para a revista Fórum, o ex-ponta-esquerda falou a respeito de Lula. Confira abaixo o relato:

O triângulo inusitado

O Lula deve ser o treinador que tem mais títulos no mundo, ganhava tudo. A dificuldade que tinha era de se expressar. Uma vez ele chegou e disse em uma preleção: “vocês quatro do meio de campo fazem um triângulo”. Aí a gente falava “é difícil quatro fazerem um triângulo”; e ele retrucava “vocês, entenderam, vocês entenderam…”.

Era um time de feras e a maioria foi descoberta e criada pelo Lula, que tinha um olhar clínico muito bom. Antes dele as categorias de base eram muito fracas e não revelavam quase ninguém.

Escolhendo os melhores

Não era um excepcional estrategista, mas sabia, se dessem 50 jogadores para ele, escolher os 11 melhores. Sempre me lembro dele com muito carinho. Há algum tempo escrevi um texto em sua homenagem, intitulado “Ao Professor com Carinho”. Nós o chamávamos assim até com uma certa ironia, mas ele não deixava de ser um professor. E levava tudo numa boa.

A final de 1962

Ele era o paizão do grupo, todo mundo jogava por ele, que sabia fazer um ótimo ambiente. Mas tinha suas vaidades também. Anos depois, em 1962, o Santos foi campeão mundial, ganhando do Benfica em Portugal, e quando o Lula anunciou a escalação do time, que nem tinha sido treinado, ele tirou um dos melhores jogadores do time, o Mengálvio, e colocou o Lima no meio-campo. Mas a surpresa maior foi colocar o Olavo de lateral-direito, sendo que ele era zagueiro-central. Ganhamos de 5 a 2 e o Lula foi muito elogiado pelos jornais da época, mas o Olavo teve muita dificuldade para marcar o Simões, o ponta-esquerda do Benfica que era um excelente jogador. Com o Lima de lateral e Mengálvio de meia, íamos ganhar até de mais.

A partida contra o Milan em 1963

No ano seguinte, disputamos o Mundial com o Milan e aí tínhamos que ganhar no Maracanã, no Rio de Janeiro. Concentramos no estádio, inclusive foi o Santos quem inaugurou a concentração. Gostávamos de jogar no Rio porque em São Paulo não tínhamos torcida, os torcedores dos outros grandes não iam torcer para o Santos. Mas foi lá, na manhã do jogo, que o Dalmo chegou pra mim e disse que eu não ia jogar. Daquela vez ia sobrar pra mim…

A equipe precisava de mim, dos meus chutes e ele ia colocar o Batista, que jogava mais na armação. O Lula estaria preocupado porque o time do Milan era muito forte e ele queria fechar mais o meio. Quando o Dalmo me disse isso, falei: “vou dar um bico na bola e vou embora, vou pegar o primeiro trem”. Bem na hora da decisão com o Milan eu ia ficar de fora para entrar um jogador que nem é ofensivo?

Acabei ficando lá e quando deu 5 horas da tarde – o jogo era às 9¬–, fui chamado para um quarto da concentração. E lá estava o Lula, que me perguntou: “ô, ‘Bomba’, como é que tu está hoje?” Respondi: “estou bem, professor, pode contar comigo”. Acho que o Modesto Roma e o Nicolau Moran tiraram da cabeça dele a asneira que iria fazer, talvez, por conta daquela pontinha de vaidade. Aí joguei e, se eu não jogasse, realmente o resultado seria outro. Virei a partida, marquei o primeiro gol e aproveitei bem o campo molhado com meu chute forte, coisa que o Batista não tinha como aproveitar.

7 Comentários

Arquivado em Ídolos, Década de 50, Década de 60

7 Respostas para “Lula, o técnico super-campeão

  1. Geraldo Afonso

    Lula é praticamente, o único grande TÉCNICO DE FUTEBOL da história desta modalidade esportiva. Nenhum outro conseguiu revelar tantos craques(Pelé é apenas um entre vários) e com eles formar equipes de tamanha qualidade, em pouco mais de uma década.
    O time do SFC que foi campeão mundial em 1962 dispunha de pelo menos 8 craques excepcionais, a esmagadora maior revelados por Lula: LIMA, Mauro, CALVET, ZITO, MENGÁLVIO, DORVAL, COUTINHO, PELÉ e PELE. Somente Mauro Ramos de Oliveira havia sido projetado, no São Paulo. Antes de Pelé disputar sua primeira competição oficial pelo Santos(Campeonato Paulista de 1957), LULA havia conquistado os títulos de Campeão Paulista de 1955(56). Antes disso, o SFC só havia obtido este título em 1935,ou seja vinte anos antes. Geraldo Afonso

  2. boa tarde
    gostaria muito que as escalaçoes dos times do santos e benfica em 1962 e do santos e milan em 1963

  3. Pingback: Santos centenário: o time que até hoje faz sonhar | Filho de Peixe

  4. Pingback: Santos centenário: o time que até hoje faz sonhar | SPressoSP

  5. Marcos Tadeu ALonso

    Lula conquistou 38 Títulos no comando do Santos F.C. e não 34…..recentemente com a aposentadoria de Alex Ferguson ex-técnico do Manchester que conquistou também 38 títulos, são os 2 que mais conquistaram…..só que Lula conquistou os 38 títulos em 12 anos e meio e o Sr. Ferguson em 27 anos

  6. alonso

    lincoln peres alonso.
    nao faça uma comparaçao dessas que e ridiculo isso lulinha.
    o lula e o santos futebol club….forao lendas magia e muito mais do que se pode imaginar.
    esse senhor ferguson foi apaenas um tecnico…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s