Oitavas de final da Copa do Brasil: Santos X Corinthians, um duelo inédito na competição

O Santos entra em campo nesta quarta-feira (19), às 22h, para duelar com o Corinthians na Vila Belmiro em um confronto inédito na história da Copa do Brasil. E se o momento do Alvinegro paulistano é melhor que o do praiano no Brasileiro, o fator casa e a recuperação que a equipe santista vem tendo desde a chegada do técnico Dorival Júnior dão novo ânimo para o torcedor peixeiro.

Historicamente, o Peixe se dá melhor que o rival na Vila Belmiro. São 45 vitórias, 22 empates e 35 derrotas. Contudo, as pelejas disputadas no estádio Urbano Caldeira não representam sequer um terço das pelejas disputadas entre ambos (algo semelhantes acontece com os outros dois membros do Trio de Ferro), o que se reflete na vantagem corintiana no histórico do clássico alvinegro, sendo 126 triunfos corintianos, 99 santistas e 90 empates. Já no século 21, o Santos tem 20 vitórias, contra 16 do rival e 14 empates.

Para a partida de hoje, Dorival Júnior deve contar com o retorno do meia-volante Renato, desfalque no último jogo contra o Atlético-PR. Provavelmente entra no lugar de Paulo Ricardo, que volta para o banco, formando a dupla de meias defensivos com Thiago Maia, que tem se apresentado bem nas últimas partidas. Assim, o Peixe deve entrar em campo com Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Zé Carlos; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Gabriel Barbosa.

Como atrativo, a partida também será a centésima peleja como profissional do atacante Geuvânio. Ele já avisou que, caso marque um gol, dedicará ao ex-ponta peixeiro Manoel Maria, que o levou para a Vila Belmiro.

Geuvânio, centésimo jogo como profissional contra o Corinthians

Geuvânio, centésimo jogo como profissional contra o Corinthians (Foto Santos FC)

Ficha técnica – Santos X Corinthians

Copa do Brasil – 22 horas, 19 de agosto

Vila Belmiro

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxilares: Vicente Romano Neto e Danilo Ricardo Simon Manis

Santos – Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Zé Carlos; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Gabriel Barbosa. Técnico: Dorival Júnior.

Corinthians – Cássio, Fagner, Felipe, Gil, Uendel; Bruno Henrique, Elias, Renato Augusto, Jadson. Malcom; Luciano. Técnico: Tite.

Deixe um comentário

Arquivado em futebol, História, Santos, Século 21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s