Pelé X Messi – comparação de gols em partidas oficiais é complexo de vira-latas

Ignorar os gols do Rei do futebol feitos, por exemplo, contra equipes importantes da Europa (incluindo o próprio Barcelona) e seleções, é desrespeitar a própria história

No primeiro dia do ano, o perfil oficial do Barcelona no Twitter publicou uma postagem listando como um dos grandes desafios de Messi no ano superar Pelé como o maior goleador de um mesmo clube. O clube catalão contabiliza 618 gols do argentino, que seriam 25 a menos que Pelé no Santos.

A postagem foi tema de reportagem do Esporte Espetacular na manhã deste domingo (5). Na mídia, de forma geral, fala-se em “polêmica”. Mas o assunto é relativamente simples: clubes europeus adotam como estatística partidas oficiais, aquelas organizadas por federações e confederações, enquanto no Brasil adota-se outro tipo de contagem, que inclui amistosos.

Pelé Messi

Messi e Pelé, comparação difícil, mas nem tanto… (Fotos: Addesolen e Creative Commons)

Ou seja, aqui no Brasil, isso seria uma discussão sem sentido, mas o gosto por “polêmicas” rende cliques e audiência. Pelé fez 1091 gols pelo Santos e é o maior artilheiro do clube na história. A contagem inclui amistosos, obviamente. Como todas as listas de maiores artilheiros de clubes do país.

O Flamengo, em seu site oficial, fala que Zico foi seu maior artilheiro, com 508 gols em 732 jogos. Não há distinção entre partidas de competições oficiais e amistosos. E nenhum clube brasileiro faz essa diferenciação.

Os gols de Pelé no exterior

É preciso levar em conta ainda que, à época em que Pelé jogou, o Santos fazia muitos amistosos no exterior, chegando mesmo a abrir mão de disputar a Libertadores. Isso porque era mais vantajoso do ponto de vista financeiro obter recursos com excursões, enquanto a competição continental era deficitária.

Como o time era uma atração internacional, era atração por conde passava, inclusive nos grandes centros. Pela contagem do Barcelona, por exemplo, não estão os dois gols feitos por Pelé na goleada contra o time catalão em pleno Camp Nou em 29 de junho de 1959. Um jogo visto por 40 mil pessoas na casa do Barcelona. O jogo não valeu?

Três dias antes, o Peixe venceu a Internazionale, de Milão, por 7 a 1 no Torneio de Valência, com quatro gols do Rei. No total, Pelé fez 353 partidas pelo Santos fora do brasil, marcando 361 gols, uma média superior a um gol por jogo.

Aliás, se levarmos a ferro e fogo o conceito de se levar em conta gols apenas em partidas ditas oficiais, o mesmo deveria ser aplicado a jogos por seleções nacionais. Em seu site oficial, Lionel Messi mostra que anotou 70 gols pela seleção da Argentina. Do total no entanto, não se menciona que 30 deles foram anotados… em amistosos. Demos excluir da lista?

Leia também:

Messi deve chegar ao gol 500 na carreira. Sabe quando Pelé alcançou a mesma marca?

Deixe um comentário

Arquivado em Ídolos, futebol, História, Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s