Arquivo da tag: Gama 0 X 0 Santos

Gama 0 X 0 Santos – “Misto frio” alvinegro decepciona em partida de ida da Copa do Brasil

Sem cinco titulares, Alvinegro chegou a criar oportunidades, mas não conseguiu furar o bloqueio gamense

Um empate sem gols. Foi esse o resultado da primeira peleja de ida entre Gama e Santos, no Bezerrão, válida pela terceira fase da Copa do Brasil. Com um time sem o trio olímpico Zeca, Thiago Maia e Gabriel, além dos ausentes Renato e Ricardo Oliveira, poupados, o Alvinegro até criou, mas não foi criativo o bastante para furar a retranca rival.

O Santos atuou no primeiro tempo com seu jogo habitual de troca de passes, dominando as ações. O problema é que o Gama conseguiu segurar o ímpeto ofensivo da equipe da Vila Belmiro. Em determinados períodos do jogo subia a marcação com quatro jogadores no campo santista, fazendo com que os alvinegros ficassem com a redonda em seu próprio campo. Quando atacada, a equipe do Distrito Federal recompunha sua marcação atrás, com duas linhas de quatro e evitando a entrada dos jogadores rivais na área.

Em função desse cenário, o Peixe só chegou com perigo quando brilharam as jogadas individuais. Lucas Lima tabelou com Rodrigão e recebeu de volta, exigindo uma defesa esquisita do arqueiro Maringá aos 12. Depois disso, aos 21, foi a vez de Leo Cittadini fazer belo lance de infiltração e servir Rodrigão, que finalizou para fora. O Gama só ameaçou de fato em uma bola perdida no meio de campo por Luiz Felipe. Se o adversário tivesse jogadores com uma técnica mais apurada, a falha fatalmente teria resultado em gol.

No início da etapa final do Alvinegro criou excelente oportunidade em jogada individual de Copete, com o Gama salvando o gol praticamente em cima da linha depois de finalização de Leo Cittadini. Parecia que o time havia voltado mais alerta, jogando mais verticalmente e também deixando mais espaço para os donos da casa, que pouco aproveitaram.

Entretanto, a impressão foi falsa. Embora tenha tido mais volume de jogo que no primeiro tempo e criado chances de marcar – coisa que o Gama só teve em outra falha de Luiz Felipe atrás – a equipe em nenhum momento conseguiu estabelecer a chamada “blitz” na intermediária alviverde. As entradas de Paulinho (Vitor Bueno), Vecchio (Leo Cittadini) e Joel (Rodrigão) alteraram muito pouco o modo do Alvinegro atuar.

Agora, o Peixe terá que vencer o jogo de volta, já que o empate com gols classifica o Gama e o 0 a 0 leva a decisão para as penalidades.

5 Comentários

Arquivado em futebol, História, Santos, Século 21